Campeão de vários títulos chineses, Shanghai Shenhua teve breve passagem do craque Tévez

Campeão de vários títulos chineses, Shanghai Shenhua teve breve passagem do craque Tévez

Jogador argentino disse que se arrependeu de ter ido jogar na China

Três vezes campeão da Chinese FA Cup (a Taça da Associação de Futebol da China), o Shanghai Shenhua Football Club “nasceu” em 10 de dezembro de 1993, mesmo período em que futebol chinês entrou na era profissional. O primeiro treinador da equipe, que já teve o craque argentino Carlos Tevez no elenco, foi Xu Genbao.

Além da Chinese FA Cup (1998, 2017 e 2019), o Shanghai Shenhua Football Club também já venceu duas Supertaças da China (1995 e 1998) e duas China A League (1995 e 2003), a Superliga Chinesa de Futebol.

Hoje, a equipe tem como técnico Mao Yijun. No plantel, os goleiros Horse Town, Zeng Cheng, Li Shuai e Glory. Na defesa, Eddie, Bi Jinhao, Zhu Chenjie, Feng Xiaoting, Zhao Mingjian, Li Yunqiu, Wang Yi, Jonjiic, Bai Jiajun, Zhu Yue e Wen Jiabao.

(Foto: Site oficial do Shanghai Shenhua)

O time tem, ainda, os meiocampistas Qian Jiegei, Zhang Lu, Adrian, Moreno, Yu Hanchao, Wu Xi, Zhu Baojie, Peng Xinli, Qin Sheng, Co Yunding, He Longhai, Wang Haijan e Sun Shilin. No ataque, Dunbia, Yang Xu, Bassogo e Jin Xinyu. Ao todo, a equipe tem quase 100.000 fãs registrados.

Passagem de Carlos Tévez pela equipe

Em 29 de dezembro de 2016, Tévez acertou sua ida ao Shanghai Shenhua. Ele fez a estreia dele em 8 de fevereiro de 2017 contra o Brisbane Roa, da Austrália, na derrota por 2 a 0, quando a equipe chinesa foi eliminada na Liga dos Campeões da AFC.

À época, o time da China ofereceu um contrato de US$ 80 milhões por duas temporadas, além de um salário de US$ 110 mil por dia (3,3 milhões por mês).

O argentino, apesar de toda a festa, participou de 16 jogos e fez somente quatro gols e cinco assistências. Em janeiro de 2018, ele deixou o clube de forma antecipada.

Em entrevista, ele disse que ir para o Shanghai Shenhua foi um dos grandes erros da sua vida. “Foi uma das más decisões que tomei na minha carreira, desde o primeiro dia. Depois você tem que continuar, mas eu sempre tentei deixar tudo em La Bombonera e isso mudou um pouco as coisas”, declarou.

Carreira de Tévez

A carreira de Tévez começou no All Boys, onde atuou de 1989 a 1996. Ídolo do Boca Juniors, ele ficou no clube de 1997 a 2003.

Ele atuou, ainda, no Corinthians (2005 a 2006); West Ham (2006 a 2007); Manchester United (2007 a 2009); Manchester City (2009 a 2013); Juventus (2013 a 2015); Boca Juniors (2015 a 2016), Shanghai Shenhua (2017) e Boca Juniors (2018 a 2021).

Pela seleção argentina, Tévez teve sua primeira convocação ainda pelo sub-15. Ele venceu a Sul-Americana Sub-20 de 2003 e participou da equipe principal, como reserva, em 2004, na Copa América.

Ao todo, foram 76 jogos pela seleção argentina, os últimos em 2015, tendo feito 20 gols com a camisa azul e branca.

História do Shanghai Shenhua ao longo dos anos

1994

Em 1994, com Xu Genbao, o Shenhua criou um estilo mais rápido que os demais adversários e conseguiu garantir o primeiro ano da Liga A em terceiro lugar.

1995

No ano seguinte, a equipe conseguiu o primeiro troféu do campeonato da liga principal com duas rodadas de antecedência. Em 5 de novembro, a equipe venceu o Jinan Taishan por 3 a 1 em casa, enquanto o rival Guoan de Pequim empatou em 0 a 0 contra o Qingdao Manatee, o que garantiu o título do Shenhua.

1997

O time contratou seu primeiro treinador estrangeiro, o búlgaro Stojkov.

1998

O treinador brasileiro Morrisi assumiu o clube, garantindo um estilo mais técnico. Naquele ano, o Shenhua ganhou sua primeira Chinese FA Cup sobre o Liaoning Tianrun.

1999 e 2000

O técnico brasileiro Lazaroni assumiu o clube em 1999, mas desta vez não houve título. No ano seguinte, a equipe ganhou seu primeiro fã-clube, o “Blue Devils”.

2003

Foi a segunda e última vez que a equipe venceu a liga principal da China. Com um aumento no investimento, o clube contratou estrelas como o ex-jogador da seleção alemã Alberts e o ex-jogador do Real Madrid Petkovic. O técnico era Wu Jingui.

2007

Após negociações, o Shanghai Shenhua e o Shanghai Liancheng se fundiram. Com isso, o ex-técnico uruguaio Jimenez assumiu o novo Shenhua. Em junho daquele ano, o clube conquistou o troféu do Campeonato da Liga A3 em Jinan.

2008

No meio da temporada de 2008, Jia Xiuquan segurou o técnico do Shenhua. Na última rodada do campeonato, o Shenhua empatou em casa por 2: 2 com o Hangzhou Greentown, ocupando o segundo lugar no campeonato com 1 ponto de diferença e perdendo o troféu do campeonato. Este também é o oitavo vice-campeão do Shenhua em 15 anos.

(Foto: Site oficial do Shanghai Shenhua)

2014

A empresa Fortune 500 Greenland Group assumiu oficialmente o Shanghai Shenhua e o clube foi renomeado para Shanghai Shenhua Football Club.

2015

O Shenhua chegou perto do terceiro título da FA Cup, em 2015. O clube chegou a final, mas perdeu para o Jiangsu Sainty, garantindo apenas o segundo lugar.

2017

Em 2017, contudo, o time chegou lá e faturou o sonhado tricampeonato da Chinese FA Cup. Com o craque argentino Carlos Tevez e outras estrelas, o clube derrotou o Shanghai SIPG em duas rodadas e venceu o torneio após 19 anos. A equipe também se classificou para a AFC Champions League 2018.

Estádio do clube

O estádio do clube é o Shanghai Hongkou. Ele fica na Rodovia Dongjiangwan nº 444, no Distrito de Hongkou, no nordeste do centro de Xangai.

Trata-se do primeiro estádio de futebol profissional na China. Sua construção teve início em 22 de fevereiro de 1998 e a conclusão em 22 de fevereiro de 1999. Já inauguração ocorreu em março do mesmo ano.

Ele tem área construída de 72.557 metros quadrados, 35.000 poltronas, 47 camarotes, 3.045 metros quadrados de salas VIP e 11.840 metros quadrados de salas de desenvolvimento e operação. O Hongkou também tem instalações esportivas completas e de entretenimento, bem como piscina coberta, sala de tênis de mesa, sala de bilhar, campo de treinamento de tiro de futebol e mais.

(Foto: Site oficial do Shanghai Shenhua)